Apresentação

Uma Apresentação

A Associação das Escolas do Torne e do Prado (AETP) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social formalmente constituída no ano de  1989 na cidade de Vila Nova de Gaia. Está inscrita desde 23 de Novembro de 1989 na Direcção Geral da Segurança Social com o nº 72/90. Com estatutos publicados em Diário da República a AETP é reconhecida como Pessoa Colectiva de Utilidade Pública a 30 de Outubro de 1992.

Dados os relevantes serviços que tem vindo a prestar no Concelho de Vila Nova de Gaia, nos domínios da Acção Social e da Educação, a Associação foi distinguida com a Medalha Municipal de Mérito Cívico, Classe Ouro, pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia em 25 de Abril de 2007.

 

A Criação
A criação da AETP foi decidida em Sínodo da Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica (Comunhão Anglicana). Os seus objectivos são o apoio às crianças e jovens, o apoio à família, protecção dos cidadãos na velhice e invalidez e a promoção e protecção da saúde. Embora estatutária e legalmente autónoma da Igreja Lusitana a AETP nasce no seio da Igreja Lusitana e tem contado com o apoio financeiro, de instalações, de equipamento e de recursos humanos da Igreja. Deste modo todo o trabalho social e educativo realizado insere-se naturalmente na Missão da Igreja que consiste em anunciar e concretizar o Amor de Deus particularmente junto dos mais necessitados.

Com a criação desta Instituição deu-se seguimento em novos moldes ao trabalho educativo e social fundado em Vila Nova de Gaia pelo cidadão benemérito de Vila Nova de Gaia e presbítero da Igreja Lusitana Reverendo Diogo Cassels, através das Escolas Primárias do Torne (desde 1868) e do Prado (desde 1901). A Associação é assim continuadora de um trabalho social e educativo centenário com fortes tradições no Concelho de Vila Nova de Gaia.

 

A Actualidade

AETP desenvolve um diversificado serviço social e educativo, abrangendo as valencias infantis de Creche e Jardim Infantil para cerca de 90 crianças desde os 4 meses aos 6 anos de idade e nas instalações do Centro Social do Bom Pastor (ao Candal) e do Centro Social do Salvador do Mundo (ao Arco do Prado – Coimbrões) a valencia de Centro Comunitário para 260 utentes com um leque de serviços diversificados.

Através de duas equipas técnicas multidisciplinares é também desenvolvido o trabalho de inserção social de 440 agregados familiares beneficiários do Rendimento Social de Inserção.

Trabalham na Instituição 31 profissionais de diversas áreas técnicas abrangendo diariamente um universo de 300 utentes de diversas idades. O trabalho realizado pelos órgãos diretivos é assumido voluntariamente pelos associados eleitos para estes cargos.

Direitos de autor © 2017 Associação das Escolas do Torne e do Prado. Todos os direitos reservados.
Esta IPSS não aderiu a um centro de arbitragem de conflitos de consumo. A entidade de resolução alternativa de conflitos de consumo (RAL) da área é o “CICAP – Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto”, com sede na Rua Damião de Góis, nº 31, loja 6, 4050-225 Porto (www.cicap.pt)