Sócios Honorários

Na sua reunião de 11 de Outubro de 1999 e no âmbito da celebração do 10º aniversário da Associação das Escolas do Torne e Prado a Direção decidiu por unanimidade destinguir como sócios honorários os srs Prof. Dr. José Manuel Gonçalves de Pina Cabral, Sr. Júlio Duarte e Srª Professora Augusta Carolina Almeida Nogueira Queirós. A distinção deve-se aos relevantes serviços por estas pessoas prestados às Escolas Primárias do Torne e do Prado.

 

O Prof. Dr. José Manuel Gonçalves de Pina Cabral

 – Membro de uma família pertencente à Igreja Lusitana de S. João Evangelista (Torne), o Prof. Pina Cabral desde criança que foi educado na veneração pela figura e obra de Diogo Cassels. Frequentou o Ensino Primário na Escola do Torne tendo aí feito em Julho de 1939 o seu exame de 4.ª classe. Desde jovem que se revelou um comprometido membro da atividade evangélica da Igreja e do trabalho social da Escola do Torne. Em 1968 e por convite do Reverendo António Ferreira fiandor primeiro Bispo Sagrado da Igreja Lusitana, o Prof. Pina Cabral assume a Direção da Escola Primária do Torne, cargo que manteve até 1989 altura da constituição da Associação das Escolas do Torne e do Prado. Ao longo destes mais de 20 anos em que conjugou a sua carreira médica e de professor universitário com a Direção da Escola do Torne, colocou todo o seu saber e dedicação na tarefa de dirigir uma das mais antigas e prestigiadas Escolas do Concelho de Gaia. Desde cedo, procurou melhorar a qualidade do ensino prestado, tendo para tal renovado o corpo docente da Escola e construído novas instalações e equipamentos escolares. Sob a sua Direção é inaugurado em 1981 o Ensino Pré-Primário no Torne e são promovidos no então criado Ginásio do Torne, diversas atividades culturais e colóquios sobre assuntos da atualidade. Fiel ao espírito de Diogo Cassels, procurou manter sempre uma atividade pedagógica inovadora de que é exemplo a criação de uma biblioteca infantil, de uma piscina para crianças e de uma escola de música. Sempre disponível para trabalhar na obra à qual desde criança está ligado, o Prof. Pina Cabral é desde 1991, Presidente da Assembleia Geral da Associação das Escolas do Torne e do Prado, cargo que ainda hoje mantem. Por esta vida de amor e de dedicação ao trabalho social desenvolvido na Escola do Torne a Direção da Associação das Escolas do Torne e do Prado tem o prazer de o distinguir como sócio honorário da Instituição.

 

Sr. Júlio Duarte

– Entrou como aluno para a Escola do Prado em 1919. Fez aí a sua instrução primária e ainda mais quatro anos de ensino noturno. Desde cedo, se disponibiliza para trabalhar nas tarefas da Igreja e da Escola do Prado. De 1930 até 1980 com poucas interrupções é membro da Junta Paroquial do Salvador do Mundo. Nos últimos anos do seu mandato exerce nesta junta, as funções de tesoureiro inerente à Escola do Prado. Por tradição familiar, segue a profissão de pirotécnico, mantendo sempre uma notável intervenção no campo das letras. Investigador cuidadoso, Júlio Duarte, é autor de diversos livros que exprimem a sua preocupação e sensibilidade pelos costumes e gentes de Gaia e de um modo particular, pelo lugar de Coimbrões nesta cidade. Destes livros destacamos um trabalho monográfico sobre Coimbrões, a “Antologia do fogo-de-artifício”, “Os Pirotécnicos da cidade do Porto e da sua Região” e ainda “Santos ao pé da porta”. Apesar da sua proveta idade, Júlio Duarte é ainda colaborador de diversos jornais e revistas nos quais mantem viva a história da Escola do Prado encontra-se atualmente a efetuar um trabalho de pesquisa sobre a Igreja e a Escola do Prado, que será publicado no próximo ano, altura da celebração do centenário destas duas Instituições. Por esta vida de amor e de dedicação ao trabalho social desenvolvido na Escola do Prado, a Direção da Associação das Escolas do Torne e do Prado tem o prazer de distinguir como sócio honorário da Instituição.

 

D. Augusta Carolina Almeida Nogueira Queirós

– É filha do Reverendo Augusto Nogueira, que foi Pároco da Igreja do Salvador do Mundo e diretor da Escola do Prado. A D. Augusta Queirós, frequentou o ensino primário na Escola do Prado. Em 1931 começa a exercer nesta escola a função de docente. Em 1950 sucede seu pai na direção da Escola do Prado, cargo que manteve durante 30 anos, até 1980. Pelo trabalho dedicado desenvolvido na Escola do Prado a direção da AETP, tem o prazer de a distinguir como sócia honorária.

Direitos de autor © 2017 Associação das Escolas do Torne e do Prado. Todos os direitos reservados.
Esta IPSS não aderiu a um centro de arbitragem de conflitos de consumo. A entidade de resolução alternativa de conflitos de consumo (RAL) da área é o “CICAP – Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto”, com sede na Rua Damião de Góis, nº 31, loja 6, 4050-225 Porto (www.cicap.pt)